terça-feira, 29 de junho de 2010

Tudo mudou, tudo gris...

Eis alguns escritos meus antigos, mas que têm tudo a ver com o meu agora.

A Contradição da Racionalidade
SMITH (Eu), 26/03/2009

Dentro de noções básicas para a sobrevivência
Dentro de noções recíprocas para a autonomia de um ser humano
Persisto na irracionalidade humana

Uma Vida quebrada ou um lar quebrado
Onde estão as noções básicas?
Onde estão as noções recíprocas?

Assim se sucede toda a minha persistência na irracionalidade humana

Guiados por uma fé decrescente
Guiados por um caminho tortuoso
Onde estão as noções básicas?
Onde estão as noções recíprocas?

Assim, persisto...

Alma e coração,
Coração e alma:
Não há pareamento, não há

Perplexo pela unha quebrada
Perplexo pelo carro arranhado
Perplexo pela pobreza, fome e miséria?
Perplexo pela violência e sequestros relâmpagos?

Mas, de uma forma ou outra, persisto...

Clareando as forma
Clareando as cores
Clareando as fontes

Formas de corpos robustos
Cores obscuras e tétricas
Fontes de recursos roubados

Mas, persisto, na irracionalidade humana
Ainda persisto na irracionalidade tua e minha
Até quando, eu não sei...

Idéia Fixa
SMITH (Eu), 08/02/2009

Partindo pelo princípio de todos os que me cercam vêm e vão
Não somos acostumados a valorizar as pequenas coisas
Partindo pela idéia de seres humanos que buscam a cada dia um novo amanhã
Mesmo assim, não são acostumados a valorizar as pequenas coisas

Fixamos o que queremos
Fixamos o que nos dá satisfação
Fixamos o olhar pela simples carne exposta
Mesmo assim, a idéia fixa não vale nada

Traímos abertamente
Traímos em pensamento
Traímos o dia todo
Traímos uma amizade
Traímos um caminho que poderia ser longo
Persisto, a idéia fixa não vale nada

Queremos sempre mais
Queremos sempre acreditar além de Deus
Queremos ser além de Deus
Queremos buscar
Queremos mudar
Queremos buscar e mudar
E assim queremos viver de dupla personalidade
Já não há como disfarçar, a idéia fixa não vale nada

Sim, não vale nada partir de princípio e idéias quando não se tem um rumo
Deste modo, quando não se tem a idéia fixa
Somente assim poderemos partir de princípios reais para chegarmos a idéia fixa concreta

Meu Mundo
SMITH (Eu), 24/09/2009

Correlações com Vidas pressupostas
Correlações com Vidas baseadas na aleatoridade
Não absorvo absolutamente nada disso

Manuseios de Vidas baseadas na distinção do normal, sempre normal
Manuseios de Vidas exploradas no avanço da imitação e da falta de criatividade
Não esclareço absolutamente nada disso

Penso naquilo que é real
Penso na absorção daquilo que me convém
Assim vivo em minhas entrelinhas
Assim vivo em meu próprio mundo

Sou praticante da vivência seletiva
Sou praticante do anonimato
Sou praticante de autoteorias
E assim vivo em meu mundo

Percorrer pelas trilhas da dor
(Percorro)
Percorrer pelas desilusões de um todo
(Percorro por utopias)
Percorrer pelos descasos e injustiças
(Percorro)

Não vou desistir, ao menos que as forças Divinas e Vitais
Conspirem contra este meu ideal


"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento."
Clarice Lispector

2 comentários:

zeh disse...

gris... sei... tem q ta tudo cor-de-rosa-bebe... hehe... viajo nos seus escritos... e me acho neles ao msm tempo... ;) bjoks...

.: Évelyn Smith .: disse...

Ahh... Não! Rsrs... =)