quinta-feira, 2 de agosto de 2007

Pertinentes Desilusões, Saudades e Arrependimentos, mas um pouco de Alegria...

Figura: Pegadas na Areia de um Homem Solitário e uma pequena estória: "(...) 'Oh, Senhor Jesus! Tu me dissestes que não me deixarias, que sempre esteve, está e estará ao meu lado, mas, ao observar as minhas pegadas nesta praia solitária, vejo que só há pegadas minhas! O Senhor não está comigo!' 'Filho, Filho!' 'Quem é, quem é?' 'Sou Eu; o Caminho, a Verdade e a Vida! Sempre estive, estou e estarei ao teu lado!' 'Mas não vejo as Tuas Pegadas perto das minhas... Porque o Senhor me abandonou neste momento de minha grande aflição, sofrimento e solidão?' 'Não, jamais farei isso! Pois enquanto você chorava, Eu te acalentava e estas pegadas não são suas, são Minhas! Você estava comigo, em Meus Braços!' (...)"


Eu sou este homem desta estória citada acima... Vivo questionando a Deus o porque dos meus tormentos, solidões, consternações... Mas Ele sempre me mostra que está comigo, no Tempo Dele, por isso que para mim tudo é demorado. Tenho que esperar o tempo certo, o Tempo Divino.

Confesso que tenho estado triste, ainda sem amigos, mas na esperança de encontrar alguns no cursinho pré-vestibular, que começará dia 13. Fiz tantas coisas nesses tempos que passaram, corri atrás de tantos obstáculos que, graças a Deus, foram superados. Não sei como, consegui passar em 16º lugar, de 200 alunos, na prova de nivelamento do cursinho. Ainda, fiquei na turma avançada e ganhei desconto na matrícula... Tudo isso sem abri um livro para estudar... Oras, se eu soubesse, tinha estudado! Mas nem daria tempo, pois eu fiz a matrícula 3 dias antes da prova... É um presente de Deus, para aumentar a minha estima e também um sinal, de que Minha Vida irá mudar e basta apenas eu acreditar um pouco mais na minha capacidade.

Voltei a fazer musculação, mas, infelizmente, não consigo me enturmar com os tipos que pessoas que frequentam academias, pois, por maioria, são narcisas ou gostam de se preocupar com "aquela grandiosa parte do dia que exercito o meu sagrado corpo!"...

Fui algumas vezes ao um grupo religioso chamado Toca de Assis e participei de Pastorais de Rua, onde entregamos comida aos "irmãos de rua", conhecidos popularmente como mendigos. Infelizmente não dei continuidade, pois estava resolvendo meus problemas do processo da carteira de motorista.

Fui reprovada no primeiro teste de direção, por uma coisa tão banal... "Bendita" placa de "Dê a preferência."... Além disso, uma "amada" jovem passou na minha frente e fez a prova no meu lugar. Eu havia arrumado o carro, já sabia o lado que iria virar o volante no momento da partida de ré e etc. Ela entrou no carro e só ligou. Sortuda! A IDIOTA AQUI fez tudo para ela. Para completar, eu e mais outra menina que também estava por lá para fazer o teste, ficamos fazendo gestos para ela ligar a seta esquerda... DÃH! EU SOU UMA OTÁRIA! Mas tudo passou... Já marquei outras aulas com um instrutor muito bondoso e sincero. Ele é um senhor de meia idade, mas é melhor que o primeiro. O outro é um tremendo maluco e só sabia me chingar e criticar. Várias manobras e teorias de iniciantes este meu novo instrutor teve que me ensinar, pois o outro nem havia citado. Farei o novo teste de direção no dia 11 e com as bênçãos e graças de Deus irei passar!

Bom, eis as explicações do início de Minha Nova Vida e o porque do meu desaparecimento. Só escreverei aqui quando passar na UnB no final do ano, se Deus quiser!

Mudei um pouco, mas ainda tenho lamentações e choros repentinos... Quando arrumar amigos, tudo isso irá passar. Deus sabe de tudo e Ele já providenciou Minhas Alegrias, apenas tenho que esperar o Tempo Celestial, apenas isso e nada mais.

É isso e até breve.


Sigo desta forma: Alguma de minhas composições e, logo após, algum pensamento; poema; texto que admiro.


PENSAMENTOS DE PERPLEXIDADE-PERCEPÇÃO, SMITH (Eu), 2007.
Amanheço num Extremo Gelado,

mas estou com Deus.
Ando pela Multidão dos Insensatos que se encobrem com

Lástimas Incutidas pelo
-Sentimento Comunitário-,
mas estou com Deus.
Sinto o Rachar de Minha Pele através da Brisa Tardia,

mas estou com Deus.
Repouso Meu Ser num Anoitecer Obscuro e com uma Frieza Insuportável;

digo Frieza do Tempo e do Bombeamento Interno,
mas estou com Deus.
Sim, Ele está comigo, mesmo com todas as
-Circunstâncias Desagradáveis-
que Vivi, Vivo e Viverei...
Mas sei que sempre depois da Terrível Tempestade vem a Fartura da Abonança e, por isso, ainda tenho Fé.


“Assim fala a Sabedoria de Deus: ‘O Senhor me possuiu como primícia de seus caminhos, antes de suas obras mais antigas, desde a eternidade fui constituída, desde o princípio, antes das origens da Terra. Fui gerada quando não existiam os abismos, quando não havia os mananciais das águas, antes que fossem estabelecidas as montanhas, antes das colinas fui gerada. Ele ainda não havia feito as terras e os campos, nem os primeiros vestígios de terra do mundo. Quando preparava os céus ali estava eu, quando traçava a abóbada sobre o abismo, quando firmava as nuvens lá no alto e reprimia as fontes do abismo, quando fixava ao mar os seus limites – de modo que as águas não ultrapassassem suas bordas – e lançava os fundamentos da terra, eu estava ao seu lado como mestre-de-obras; eu era seu encanto, dia após dia, brincando todo o tempo, em sua presença, brincando na superfície da Terra, e alegrando-me em estar com os filhos dos homens.’ ”
Livro dos Provérbios 8, 22-31.



3 comentários:

Anônimo disse...

o que vc achou da toca de assis?

SMITH Blurry Oblivion disse...

Oi...
Quem é você, o (a) tal anônimo (a)? Como encontrou este blog "inexistente", onde ninguém visualiza?

Bom, de qualquer modo, conheço a Toca de Assis há sete anos e pouco. Freqüentava a casa masculina em Belo Horizonte e, um tempo depois, foi fundada a casa feminina. Confesso que meus pais me
obrigavam a ir com eles, mas, no fundo, eu gostava de conversar com aquelas pessoas tão humildes e sem nada nesta Vida.

Realmente, comecei a gostar da Toca já morando em Brasília, em 2006. Nunca fui de ir sempre às casas de movimento, mas, na media do possível, vou me interando. Conheço muitos religiosos e tenho um imenso sentimento por eles, assim como pela Toca e por todo esse belíssimo trabalho que eles fazem com os irmãos de rua.

No mais, se você um dia ler estas linhas, é isso.


----------------------------------------

Fabrício Almeida disse...

Minha Estimada Evelyn,

Peço-lhe perdão por não ter escrito nada aquele dia no seu site. Aliás, blog, para mim é tudo a mesma coisa, já que sou leigo quando o assunto é internet.

Estou correndo muito com o curso e só hoje foi o meu feriado e, praticamente, não tive Natal.

Como falei diversas vezes, seu dom é esse, escrever e se expressar através de palavras cujo vocabulário é voltado para assuntos interiores, sentimentais e psicológicos.

Quero muito lhe ajudar a publicar suas teses e teorias e já estou me inteirando com conhecidos meus.

Depois irei mais vezes fazer trabalhos sociais com você e gostei muito de ter feito aquela vez!

Não tenho nenhum contato seu, telefone nem e-mail. Você não entra muito nesse site, como pude perceber pela data e pela última mensagem que você publicou. Mas sei que um dia entrará e me ligue no telefone do consultório.

Precisamos conversar mais e saiba que você tem alguém que pode contar sempre e desejo muito iniciar uma grande amizade com você. Temos muito em comum, apesar da sua idade, você é mais nova do que eu, mas parece ser mais velha...

Uma excepcional entrada de ano, que o próximo seja repletos de alegrias e realizações! Desejo o mesmo para toda a sua família e para todos aqueles que lhe cercam.

Um abraço daquele que torce pelo melhor por você,
Fabrício.