quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Gozo I - Devaneios



Clamo por uma experiência transcedental
Que será capaz de levar embora todas as minhas lástimas inatas
Suplico por uma misericórdia do âmbito falsário
Que será capaz, finalmente, de olhar-me como um ser que almeja apenas viver


2 comentários:

João Paulo, vulgo zeh disse...

uhumm... ficou massa e sem angustias ne... eu tbm clamo... bjoks... ;)

Renato Hemesath disse...

A fotografia mostra bem o quanto o nosso olhar pode ser grande, porque o caminho que está adiante de nós é amplo! podemos vê-lo!

---
Comentei no post anterior... ;)